20/01 – Dia 34 – Mai Châu

Acordamos, tomamos café na nossa casa, banho quente, e o Tal foi tentar alugar umas motos pro nosso passeio. Mas ele não sentiu muita firmeza na qualidade, então ficamos com as bikes mesmo! E olha que pra achar uma com freio foi até um pouco complicado. Nisso a May partiu de vez! :(

Passamos o dia andando por aí! Passamos pela nossa vilazinha, fizemos uns offroads, muitos campos de arroz, muitos trabalhadores, muito mato hehehe e um monte de casinhas simples, cachorros pequenos e pessoas sorridentes. Demos um pulo também na rodovia, pra achar uma ATM e pros meninos comerem mais um Pho bagaceira. Hahaha

 

image

image

image

image

image

image

image

image

image
Basicamente atravessamos ao centrinho todo, e voltamos pra nossa paisagem bucólica.
No meio do dia, paramos para um piquenique, e o Tal e o Kevin foram comprar umas besteirinhas pra gente comer. Do outro lado de onde paramos as bikes, vi uma velhinha bem corcunda com um cesto nas costas trabalhando na terra. Fui tentar ajudá-la, e de primeira ela me olhou super séria. Mas, logo depois já abriu um sorrisão e começou a me falar algumas coisas em vietnamita. Os dentes todos pretos.
Bom, na mímica perguntei o que ela estava fazendo, peguei o facão dela e comecei a cortar as florzinhas brancas e colocar no cesto em suas costas. Ela ficou toda feliz! Vieram umas crianças ver o que estava acontecendo também, e fiquei lá cortando tudo que era flor daquele tipo. Nossa, e cansa viu. O corpo fica numa posição super desconfortável na maior parte do tempo, e o sol batendo. Enfim, mas foi uma delícia conhecer essa senhora e toda a atividade no geral.

image

image

image

image
Depois, comemos os salgadinhos tudo, tiramos um cochilex, ficamos conversando, e seguimos em frente. O Tal queria porque queria achar uma cachoeira, mas não rolou. :/ a paisagem era muito bonita, no entanto!

imageimage

imageimage
Passamos também por um búfalo arando a terra, a la old style! :) hehe

image
Antes do sol se por, estávamos de volta. Jogamos mais cartas, jantamos e de novo, ficamos nesse clima de acampamento, conversando, ouvindo música e coisa e tal.

image
Só que daí, estávamos notando um movimento muito maior na nossa pacata vilazinha. Até um dos moradores da nossa casa chegou bebinho lá hahaha fofinho, e ele nos contou que tava rolando um casamento. Claro que a gente foi xeretar. :) era em uma casa bem perto de onde estávamos. Subimos nas escadas da casa da frente pra tentar ver algo, mas só conseguíamos reconhecer que estava rolando uma dança.

Quando chegamos mais perto, o povo que estava lá embaixo notou a presença de estrengeiros e começaram a tirar foto com a Meh e coisa e tal! Hahaha aí eles deixaram a gente subir e ver o casamento. Tinha uma roda sentada no chão comendo, enquanto rolava uma cerimônia onde um cara tocava um tambor, alguns abriam e fechavam varetas de bamboo no chão e o povo tudo pulava por elas e dançava. Depois, na sequência uma mulher cantou uma música e os homens foram beber algo de um vaso enorme com bamboos que eram canudos.

image

 

image

Bem diferente! Não consegui reconhecer os noivos. Bom, voltamos e continuamos nosso clima acampamento. Hoje, com um monte de salgadinho e fruta pra larica da madrugada! :)

image

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>